Galeria de fotos
21/05/2018
Em Natal, morre o delegado Maurílio Pinto de Medeiros
Morreu na noite deste sábado (19), em Natal, o delegado aposentado da Polícia Civil do Rio Grande do Norte Maurílio Pinto de Medeiros, de 76 anos. O 'Xerife', como era mais conhecido, estava internado na Casa de Saúde São Lucas e lutava contra complicações provocadas pelo diabetes. Para conter uma infecção, ele chegou a sofreu amputações, mas não resistiu.

Maurílio Pinto se aposentou em 2011 após 47 anos de serviços prestados ao Estado. Ele foi chefe da Polícia Civil por duas décadas e ainda atuou em funções de subsecretaria e secretaria adjunta de Segurança Pública.

O velório começou por volta das 6h deste domingo e continuou até as 15h no Centro de Velório da rua São José, onde houve uma missa. O corpo seguiu para sepultamento às 16h no Cemitério Morada da Paz de Emaús, em Parnamirim, região metropolitana da capital.

"Todo o Rio Grande do Norte de luto pela perda irreparável do Dr. Maurílio Pinto de Medeiros. Governo do Estado e Polícia Civil prestam suas homenagens ao homem público e profissional competente, exemplo para as nossas polícias.", publicou o governo do estado em um perfil oficial nas redes sociais.

Também nos seus perfis, o governador Robinson Faria (PSD) agradeceu a atuação de Maurílio Pinto e informou que vai decretar luto oficial de três dias.

Em nota, a Secretaria de Segurança destacou "os relevantes serviços que Dr. Maurílio prestou para a população do Rio Grande do Norte durante os quase 50 anos de atuação na segurança pública". Conforme a pasta, ele foi responsável pela resolução de vários crimes e levou justiça para diversas famílias vítimas de criminosos no Estado.

“O delegado Maurílio Pinto de Medeiros deixa um legado de trabalho, compromisso, competência, lealdade e dedicação para todos nós. Foi um verdadeiro líder. Tenho muito respeito e admiração por sua trajetória como policial e por tudo o que representa para a segurança pública e para o povo do Rio Grande do Norte”, disse a delegada Sheila Freitas, secretária da Segurança Pública.